Contacte-nos: +351 808 914 839

Avaliar Prata
Antes de vender prata – seja em forma de jóias, moedas, peças decorativas, utensílios ou qualquer outro artigo – é importante que esteja a par de um conjunto de informações essenciais sobre este metal precioso.
  1. Pureza da Prata: O valor da prata é calculado mediante a percentagem de prata existente na peça, e que determina o seu grau de pureza. O tipo de prata mais utilizada na joalharia e na ourivesaria, é conhecida por “prata de lei”, e corresponde à prata 925. Quanto maior for a percentagem de prata, mais valor tem a peça, pois maior é o seu grau de pureza.
  2. Cotação da prata: a prata é cotada em bolsa, pelo que a sua cotação não é fixa, podendo variar diariamente. Para avaliar uma peça em prata,  assume-se a cotação média do dia em que se procede à avaliação da peça.
  3. Marcas de contrastaria: esta marca garante a qualidade da liga de prata. No caso das peças em prata, a marca corresponde a uma cabeça de águia virada para a esquerda, em prata superior (ou igual) a 925, ou virada para a direita, quando a percentagem de prata é igual ou inferior a 835 milésimas.
  4. Raridade da peça e interesse histórico: Peças antigas, raras ou com um eventual interesse histórico têm mais valor no mercado, desde que acompanhadas de documentação que comprove a sua origem.
  5. Estado de conservação: As peças em prata são muito susceptíveis às condições do lugar onde se encontram guardadas e à passagem do tempo. Se as peças estiverem muito marcadas e num mau estado de conservação, isso afectará o seu valor.